Revista Época Publica Matéria Sobre Bronies

17 fev

Sim… a primeira grande matéria sobre o fenômeno brony em uma revista de alta circulação já está nas bancas brasileiras, everypony. 

Eu estava atenta a respeito disso pois já fazia um tempo que a jornalista da revista Época Tonia Machado, vinha procurando bronies para entrevistar.

Ela chegou mesmo a entrar em contato comigo, perguntando se eu não tinha algum fã do desenho que fosse menino para indicar, tendo em vista que eu “não poderia ser entrevistada, já que eu era mulher” (toda vez que penso nisso, lembro do americano que falou que não deveria haver distinção entre pegasisters e bronies e confesso que tenho vontade de rir pela ironia da coisa…)

Diante desse pedido, eu já percebi que o foco da matéria não seria o desenho ou seu conteúdo, mas o fato de “meninos gostando de algo para meninas”. Por via das dúvidas, indiquei alguns amigos bronies de mais de 25 anos, profissionais bem sucedidos e estáveis. 

Enfim, após algumas semanas de espera, a matéria saiu na revista Época deste fim de semana.

O foco, como eu desconfiava… a polêmica. A começar pelo título: “Por Que Marmanjos Gostam de Pôneis”? 

(Clique na Imagem Abaixo para ampliar e ler a matéria.)

Por que colocar alguém segurando um balão de pônei genérico e não pôr sequer UMA foto do desenho? ‘-‘

A matéria fala um pouco sobre os bronies, de onde vieram, o passado da franquia My Little Pony e dá uma leve pincelada nos aspectos da nova geração, MLP: FiM, a que conquistou os “marmanjos” em questão.

Dá pra ver que a jornalista fez a lição de casa e sabe do que está falando (aliás, ela chegou a dizer por email que usou o EquestriaBR como fonte de pesquisa; agradecemos), sem trocar nomes de personagens ou erros típicos de encontrar em matérias do gênero.

Apesar da boa intenção, no entanto, há diversos pontos negativos que incomodam aqueles que são fãs (ou bronies) pela imagem que é pintada deles ao público leigo.

– A matéria cita o traço do desenho como a razão para que o público masculino viesse a se interessar por ele. Nesse caso, por que não há uma imagem sequer do desenho para ilustrar ao leitor, e ao invés disso, há a foto de um dos entrevistados segurando um balão de pônei que nem mesmo é no estilo do desenho?

– Foto essa, que por sinal, além de ser motivo de riso (até aí não me surpreende, revistas apelam pra vender), ainda por cima só causam confusão na cabeça do leitor: “são ESSES os pôneis novos de quem esses caras gostam?”

– Impossível falar de bronies sem falar do conteúdo do desenho. Há muita insistência na matéria no fator “homens curtindo algo tão feminino”, mas o fato é que o desenho só consegue isso porque seu conteúdo transcende gêneros, ao trazer aventuras com conflitos verdadeiros, monstros mitológicos e questões morais  —  ao não explicar isso, a matéria torna-se rasa.

– A matéria traz depoimentos de psicólogos, como “identificar-se com um personagem de desenho infantil pode ser uma maneira de expressar emoções reprimidas na vida adulta”. No entanto, falado assim, fora de contexto e sem mais explicações, pode passar a ideia de que bronies nada mais são que adultos problemáticos.

– A jornalista cita Lauren Faust como “criadora das Meninas SuperPoderosas”. Mas foi o marido dela, Craig McCracken, o criador desse desenho. Lauren contribuiu muito para Meninas Super Poderosas, mas como roteirista e desenhista de storyboard da série.

Enfim, além do desserviço que é a foto que ilustra a matéria, o que mais incomoda é realmente a sensação de que é preciso falar do fenômeno “homem gostando de coisa de mulher”, e não do produto em si — “algo tão bom que agrada a todos, homens e mulheres”. O que deveria ser mais importante?

E como disse uma amiga minha ao saber que as opiniões femininas estavam de fora da matéria, “é duro também ver a atitude da mídia contribuindo para esse eterno movimento de que  “quando um desenho ou filme é coisa de menina, é  menosprezado. Mas quando homens se interessam, ganha status de entretenimento de qualidade“. 

(Por sinal, desde o início achei curioso não haver um depoimento sequer de mulheres sobre como elas se sentem a respeito de homens entrando em seu fandom. Quando indaguei o porquê disso a jornalista, ela disse que era porque “a matéria precisava de um foco”. No entanto, sempre que vejo matérias sobre “meninas que jogam games” ou praticam algo tipicamente masculino, em geral há depoimentos dos homens sobre o que pensam a respeito de mulheres entrando “em seu domínio”. Mas quando é o movimento contrário, e homens entram num fandom feminino, a mídia não se interessa em saber o que as meninas que sempre estiveram lá pensam disso…?)

De qualquer maneira, só não me choco mais porque não é de hoje que a Época faz matérias nesse tom a respeito de tribos e sub-culturas — cosplayers também já foram alvo de matérias espetaculosas da revista, há algum tempo atrás.

Enfim, para quem quiser conferir, a edição é a Época 718 – 20/2/2012 (20 de fevereiro de 2012 — a capa é “A Vingança dos Tímidos”), e custa R$ 9,90. 

Fonte: Fórum Sonic Rainboom
Anúncios

19 Respostas to “Revista Época Publica Matéria Sobre Bronies”

  1. Yuski 17 de fevereiro de 2012 às 11:28 PM #

    Lembro-me que quando a Tonia entrou em contato comigo. Na ocasião, eu estava viajando e não tinha como dar entrevista, daí pedi para ela falar com você para orientar

    Bem, esperava algo melhor, bem melhor mesmo! Decepcionante… Só fico feliz de ter escapado de uma fria.

    Eu desencanei dessas revistas (sendo Época ou Veja) fazerem alguma matéria decente sobre alguma subcultura.

  2. victoria 18 de fevereiro de 2012 às 12:39 AM #

    A jornalista cita Lauren Faust como “criadora das Meninas SuperPoderosas”. Se ñ me engane, ela já até postou no seu Deviantart para ñ cofundirem como “criadora das Meninas SuperPoderosas”, ñ vejo muita revista mas, achou q falto informação importante ai, ñ sei, vou ler novamente pra ter certeza.Da próxima vez, pede Brony pra escrever matéria do tipo “Por Que Marmanjos Gostam de Pôneis?” , mesmo se ñ seja da equipe, po, pq ñ pediram pra vc? , tu e roterista, fazeria uma matéria melhor do q essa (ok isso ñ tem nada a ver :P)

  3. azirieldrake 18 de fevereiro de 2012 às 12:43 AM #

    como era de esperar, pessoal da época ainda vive lado do mlp antigo, ainda acha que desenho ta naquele estilo antigo do passado, ainda nem viram eles não viram a restruturação da hasbro fez, tirou aquele velho estilo,o desenho simplesmente mudou de ares, agora ate abrangendo ate o publico masculino,agora desenho ficou mais agradável e divertido,
    mesmo tentando fazer matéria de bom sentido, e isso mídia sempre faz, distorce um pouco pra ganhar uns dinheiro, hoje somente da nisso, vez disso, deveria ter analisado mais cuidado pra produzir boa matéria, mas pra aqueles não conhece o desenho e isso acontece, faz parecer desenho e estranho, e por isso haters anti pegasisters e bronies atormentam os fans,faz desenho pegar nesse mal estilo, hoje mídia deveria ser mais apurada e bem profunda em reportagens… assim melhor seria

    desculpe o comentário agressivo

  4. Lucas Harrison 18 de fevereiro de 2012 às 9:54 AM #

    Simplesmente decepcionante. Ainda bem que meu nome não saiu ali, esperei tanto pela matéria para ver isso. O jeito é esperar e ver qual repercussão isso terá na mídia .

  5. Acromax 18 de fevereiro de 2012 às 10:40 AM #

    Depois daquela capa com o Michel Teló e agora essa matéria… *sigh*

  6. Rainbow Dude 18 de fevereiro de 2012 às 1:28 PM #

    É. A foto foi um p*yay* d’um queima filme
    Se dependesse de mim, colocariam uma foto do dustykatt (aka. The manliest brony in the world) =P
    …Ou uma foto BOA do desenho. Não deixa de ser uma boa opção.

  7. Mmalusd 18 de fevereiro de 2012 às 1:46 PM #

    Só eu q acho, ou ficou parecendo q os bronys são hippies?
    E falaram como se a gente assisti my little pony pq tem problema psicologico, mas tirando isso, acho q a matéria tá boa (nunca vou entender pq revistas e jornais chamam especialistas pra explica pq as pessoas gostam de tal coisa mais td bem)

  8. Kevin 18 de fevereiro de 2012 às 3:12 PM #

    Bem.. Eu achei bem interessante eles quererem explicar o porque de homens curtirem desenho feminino psicologicamente. É algo informativo, não é ruim.
    Agora eles usarem um cara que faz festa de pôneis como exemplo de Brony já é de fato um desserviço tamanho.

  9. Kevin 18 de fevereiro de 2012 às 3:14 PM #

    E a mídia é e sempre será “macho-cêntrica”, já que é dominada por homens.. É bem interessante o tempo que levaram pra notar na TV Brasileira que quem assiste novela normalmente é mulher, e que as atrizes “fanservice” estavam meio deslocadas ali, e tinham que ser trocadas por bombadinhos que esquecem que tem camisa em casa, rs.

  10. Guilherme Leocádio (@GuiLeocadio) 18 de fevereiro de 2012 às 10:39 PM #

    Aff que foto é essa? Nada vê essa matéria, é uma pena que não fizeram uma pesquisa mais aprofundada antes de fazer essa matéria >.<

  11. Mariana 18 de fevereiro de 2012 às 11:33 PM #

    Critica negativa:

    Ao que parece a redatora nem sequer viu o desenho para comentar sobre.
    A matéria da revista não fala muito diferente diferente do que a maioria das pessoas que só conhecem o mlp antigo. Colocar um estereotipo para falar de mlp já é até normal para revistas sensacionalistas como a época. Esqueceram total ,como o azirieldrake disse,a restruturação que a hasbro fez no desenho.eu quero ver quem eu vou conseguir convencer a assistir o desenho depois dessa critica da revista
    Eu espero que eles se desculpem por fazer uma confusão como essa no editorial da próxima revista. Eu me sinto incomodada por alguém falar assim sem pesquisa das coisas que eu gosto e por ultimo eu não sou homem mas marmanjo de acordo com o dicionario é sinônimo de vagabundo que mora com os pais, totalmente desnecessário e pejorativo.
    se eu soubesse como manda carta de reclamação pra lá eu mandava

    Critica positiva:

    … desculpa mas eu to chateada demais pra fazer algo construtivo

  12. Eduardo Soares 19 de fevereiro de 2012 às 2:25 AM #

    Eu parei de ver noticias no mundo a muito tempo. Sou estudante de psicologia e tenho diversos amigos jornalista. Já escrevi diversa matérias com eles sobre cultura Nerd, Otakus,Cosplayers(Dividir-los por motivos por seres diferentes) Gamers e Etcs… E muito deles pede apenas o que torna o grupo anormal.(Como dedicar grande parte do seu tempo assistindo seriados japoneses, ou jogando games por horas e horas.) Eles não se importam muito pela a noticia de fato. Eles querem o diferente. O que faz vender. O anormal. Até fui chamado de gay por andar com o simbolo do Rainbow Dash na camisa. Toda cultura que não é apoiada por grandes industrias ou redes de comunicação é distorcida. Sou um otaku, bronies, gamer e estudante de Psicologia com orgulho. Se ser alienado é se fechar a nossa midia… Eu quero me perder em Marte.

  13. usagiqueen 19 de fevereiro de 2012 às 3:09 AM #

    Awww, que vontade de ler! Vamos ver se encontro esse volume na biblioteca, porque né. Falta di$$posição no começo do ano. ahahaha >_<

    Então, eu achei essa matéria aqui, não sei se você já estava sabendo, mas… me deixou muito animada! ADORO jogos de luta! *-*
    http://www.arkade.com.br/noticias/my-little-pony-fighting-is-magic-luta-poneis-estilo-marvel/

    Beijos, UsagiQUEEN.

  14. Tatiana 19 de fevereiro de 2012 às 8:42 PM #

    cara, serio isso da muita raiva

  15. Caroline 19 de fevereiro de 2012 às 8:45 PM #

    Quando eu li o título desse tópico me deu uma vontade de comprar a revista mas ao ler o “básico” senti um tipo de desabamento. Por alguma razão, as revistas não são tão sérias como eu pensei (sou ruim de ler revistas desse tipo)… mas acho que a ultima coisa que fizeram nessa edição foi “respeitar” os bronies (mas eu não li para saber…)…

    Isso me faz pensar que o Brasil é um mundo totalmente diferente, enquanto o legal é compreendido lá fora, aqui pode ser alvo de discriminações sem sentido… e tudo pela ignorância em si… para mim, acho que essa parte da revista lembra muito daquelas fofocas para durar, assim como dito aqui: POLEMICA… (O balão-ponei na verdade me assusta O.o)

    Sempre ouvi dizer que revistas são boas para informações, mas não vale o preço de ver algo que você goste sendo tratado com ignorância,,, (Não sei se poderia colocar desse jeito mas foi o melhor que consegui…)

    • Dalila 6 de abril de 2012 às 11:37 AM #

      Concordo totalmente! Parece que os brasileiros são sempre quem tratam as coisas com mais ignorância e preconceito.
      É só aparecer qualquer engraçadinho fazendo alguma super besteira no Youtube que logo vira meme (como esse “Para a nossa Alegria”)
      Mas quando é uma coisa que presta não dão o minimo valor, julgam pela aparência e nem se importam em sequer dar uma chance…
      É por isso que o Brasil tá onde tá… 😦
      pra mim a matéria dessa revista foi ofensiva e humilhante!
      e por que que nunca sequer citam as Pegasisters? 😡

      • Gabriel Dias 6 de abril de 2012 às 12:04 PM #

        Na verdade, lá fora não é muito diferente. Já li matérias sobre Bronies em jornais norte-americanos que não fugiam muito dessa toada. A diferença é que o nível da discussão (na parte de comentários) costuma ser um pouco melhor. E citar as Pegasisters foge do exótico, porque as mulheres, em geral, têm sinal verde para fazer coisas que “homens adultos e heterossexuais” não podem…

  16. Cherryblossom 24 de fevereiro de 2012 às 3:52 PM #

    Ao ler o título do post eu me animei a comprar a revista, mas depois de ler o que a Época disse sobre os bronies… bah, que sacanagem, escrevem uma matéria sobre um assunto polêmico, mas falam que bronies são “adultos problemáticos” e não têm um pingo de respeito pelos fãs. Que vão se *yay* viu? ¬¬’

    -Cherry, que passou na frente da biblioteca da escola hoje e não olhou as revistas, e pensa seriamente em queimar as revistas da biblioteca, virar terrorista e tacar uma bomba na sede da Época e.e *trollface*

    • Petra 24 de fevereiro de 2012 às 4:25 PM #

      Bem, as outras revistas não tem culpa pelo que a Época falou. Logo, não vejo porque querer queimá-las… o.o

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: