MLP: FiM e Seus InFiMdáveis Trocadilhos! [ARTIGO]

20 mar

Eu nem sempre faço trocadilhos. Mas quando eu faço...

Olá, everybrony (e pegasis)!

Meu nome é Gabriel, também conhecido pelo mundo virtual como Neo NiGHTS ®. Caso algum dos frequentadores desse blog também sejam fãs de anime e convenções do tipo, talvez conheçam meu trabalho fotográfico com cosplayers.

Para quem não conhece: muito prazer! Para quem já me conhecia, é um prazer (re)vê-los por aqui.

Fui convidado pela Petra (quem mais?) há pouco tempo para dar uma mãozinha para ela nas próximas semanas e espero poder colaborar com material de qualidade que ela e o Yuski trazem desde que este cantinho foi criado.

(A princípio é por um tempo. Mas quem sabe eu fique…. ? 🙂 )

Uma das coisas que achei mais bacanas no trabalho que a Petra faz aqui é trazer informações (excelentes, por sinal! Eu li todo o blog em dois dias!) em português pensando nos bronies e pegasis que não têm conhecimento de inglês (ou não o suficiente para encarar uma série em inglês puro, sem legendas).

Portanto, baseado nisso, pensei em fazer uma pequena lista de trocadilhos que existem em MLP: FiM que ajuda a trazer ainda mais charme para a série. Provavelmente os fãs mais hardcore já correram atrás dessas informações, mas quem está chegando agora pode se divertir com a quantidade de jogos de palavras (bem inteligentes, na minha opinião) que permeiam a série. De quebra ainda podem aprender um pouco de inglês também.

Ah! Estou fazendo essa lista de cabeça! Se alguém quiser adicionar mais alguma coisa, fique à vontade. Quem sabe não se cria uma seção só para isso aqui no blog? (viu, Petra? #fikdik)

Comecemos do básico:

Já repararam que sempre usam o termo “everypony”, “nopony” e afins?

Isso porque os produtores optaram por trocar o termo “body” (literalmente quer dizer “corpo”. Mas, nesse caso, faz o papel de “alguém”) de “everybody” (every = todo, body = alguém. Logo “todo mundo”), “nobody” (no = não/sem, body = alguém. Seria “sem alguém” ou, simplesmente “ninguém”) por “pony”.

Outro jogo de palavras que tiveram o cuidado de fazer ao trocar humanos (ou partes humanas) por partes equestres, é no uso de “hoof” (cascos) ou “hooves” (cascos). Por exemplo, no episódio “Luna Eclipsed”, quando a Twilight demonstra frustração que ninguém reconhecia sua fantasia de ‘Starswirl, the Bearded’ ela diz “Repare na barra dessa capa! Foi ‘hoofstitched‘” (ao contrário de “handstitched” que seria “bordada à mão”. No caso da Twi, a roupa foi “bordada a casco” [não me perguntem como...]).

Nessa linha de substituir “hand” (mão) por hoof, alguns bronies criaram o termo “facehoof”, em alusão ao “facepalm” (aquele ato de cobrir, com vergonha [alheia], o rosto com a mão). Sem esquecer do “brohoof” que seria o equivalente de “brofist”.

 E as cidades, então? Comecemos com Manehattan (olha o “mane” aí de novo!) que é uma referência à Manhattan (que é o apelido da cidade de Nova Iorque. Que, também por coincidência, tem o apelido de “Big Apple”, ou seja, “Grande Maçã”. Nesse post vocês podem ver que inicialmente o Big Macintosh seria chamado de Big Apple).

Temos Fillydelphia que faz referência à cidade de Filadélfia. Onde “Filly” é o nome dados às equinas jovens (reparem que não raras vezes referem-se às meninas do Cutiemark Crusaders como “fillies”). A título de curiosidade, o termo para jovens cavalos é “colt”.

Outra cidade muito importante para a história de MLP é Appleloosa (Apple = maçã) que brinca com Appaloosa, que é uma raça de cavalo.

Uma cidade que foi mencionada no episódio Luna Eclipsed (se foi mencionada em mais alguma outra ocasião, alguém me corrija!), foi a cidade de Trottingham. Baseada na região norte da cidade de Londres chamada Tottenham, usando “Trot” (trote, do verbo trotar) como trocadilho.

Não podemos deixar de citar também Canterlot. Embora não faça alusão à uma cidade que exista de verdade, é evidentemente inspirada na famosa Camelot. “Canter” no caso é uma forma de trotar dos cavalos adestrados.

Já que mencionei os “colts”, em alguns episódios a Prefeita (“Mayor”. Como assim ela não tem um nome próprio?) da cidade se dirige ao público como “Gentlecolts”. De novo o equivalente humano é trocado por uma versão equina. Ao invés de “gentleman” (senhores, cavalheiros), usa “gentlecolts”;

Mosaico das Mane 6 + Derpy.

E, afinal, por que raios “Mane 6”? Porque, coincidentemente “mane” (crina) tem um som bastante similar a “main” (principal). Ou seja, quando se referem às pôneis como “mane 6”, seria como “main 6” (ou “as seis [personagens] principais”);

No episódio Bridle Gossip, então, Spike se supera! Ao ver (e ouvir!) as modificações que as meninas sofreram por causa da planta poison joke, logo trata de apelidar cada uma das personagens (exceto a Twilight porque, aparentemente, nada rima com Twilight Sparkle). Recordemos:

-Rainbow Dash virou Rainbow Crash (“to crash” quer dizer “bater” no sentido de alguma coisa bater em outra, como em “car crash” [“batida de carro”]. Esse é um trocadilho que depois é repetido algumas vezes durante a série, quando alguém quer pegar no pé [ops, pata!] da Rainbow);

-Pinkie Pie vira Spitty Pie (“to spit” é “cuspir”. “Spitty” seria algo como “babona” [a não ser que alguém queira falar “cuspenta”. Neologismos rlz!]);

-Applejack vira Appletiny (“Tiny” quer dizer “pequeno”);

-Rarity vira Hairity (“Hair” quer dizer “Cabelo”. Ou seja, ficou algo como “Cabeluda”);

-Fluttershy vira Flutterguy (“Guy” quer dizer “cara” [usado para homens]). (Alguém consegue NÃO dar risada com a Flutterguy falando?)

– Ah! Quase esquecia de um dos jogos de palavras mais comum com a língua inglesa em geral: a associação de nightmare com uma égua (ou uma figura equina).

Explico: Se separarmos a palavra “nightmare” (que significa “pesadelo”) em duas teremos “night” (noite) e “mare” (égua). Até por isso que logo no primeiro episódio falam de “mare in the moon” (égua na lua) e depois “nightmare moon” (lua do pesadelo). (Por algum motivo que eu desconheço, a junção das palavras (night+mare) dá “nightmare”  — pesadelo).

Nota Cultural Inútil– Se alguém aí joga/jogava Magic: The Gathering, deve se lembrar da carta Pesadelo [Nightmare] que era ilustrada por um cavalo).

Por ora, que eu me lembre, são esses trocadilhos. Claro que durante os episódios há outros mais leves como, por exemplo, no episódio “Suited for Success” na cena que a Twi faz o “juramento Pinkie Pie” para Fluttershy e ela “(…) stick a cupcake in my AI!!” (onde seria “stick a cupcake in my eye [coloco um cupcake no meu olho], a Twi desastradamente enfia o casco no olho e fazem o trocadilho de “eye” com “ai” (onomatopeia para dor… d’ oh!).

Mas os que eu listei são os mais recorrentes e só demonstram como os produtores tiveram cuidado até com essas coisas menores que adicionam muito mais à série. Também acho que, ao fazer esses trocadilhos, tratam as crianças com respeito e inteligência, não como seres idiotas  incapazes de entender sutilezas (como a mídia muitas vezes trata…)

“Se eu tivesse dedões e não um casco, daria um thumbs up para os produtores” 🙂

Então vai um brohoof mesmo!

Espero que gostem!

Anúncios

21 Respostas to “MLP: FiM e Seus InFiMdáveis Trocadilhos! [ARTIGO]”

  1. Lover Rainbow Dash 20 de março de 2012 às 1:29 PM #

    Nossa mto massa esse Artigo 😀
    (sinceramente eu rachei quando eu vi a fluttershy com voz de homem)

    • Tatiana 20 de março de 2012 às 6:32 PM #

      eu também, mas depois que elas foram procurar a applebloom o spike fala twilight floppe, o que significa?

      • Lover Rainbow Dash 20 de março de 2012 às 7:00 PM #

        tens razaum :/ vo por o google tradutor em ação

      • Rainbow Dude 20 de março de 2012 às 7:05 PM #

        *Flopple
        Acredito que seja uma mistura de “Sparkle” com “Floppy”, que significa “mole”, “flácido”

      • Gabriel Dias 20 de março de 2012 às 7:10 PM #

        Nossa! Realmente, quando elas tão saindo para procurar a Applejack e Applebloom o Spike pensa num trocadilho pra Twilight. Ele diz “Twilight Flopple”. “To flop” tem vários significados. Os dois que encaixam são “dobrar/amolecer” e “fazer um barulho ao dobrar”.
        Daí ele fala “flopple” para rimar com “sparkle”. Se eu fosse traduzir, deixaria como “Twilight Frouxa” (embora não rime com sparkle -brilho/fagulha).

      • Gabriel Dias 20 de março de 2012 às 7:16 PM #

        @Rainbow Dude – Você está certo. “Mole/Flácido” é uma tradução válida para “floppy”. Só fui ver (e aprovar) seu comentário depois que respondi pra Tatiana xD

    • Gabriel Dias 20 de março de 2012 às 7:07 PM #

      Eu rio até hoje com a Flutterguy. Quando ela canta a música da Pinkie Pie, então…

  2. Fluffy Pie 20 de março de 2012 às 7:02 PM #

    Adorei a matéria, já tinha reparado a maioria dos trocadilhos, mas mesmo assim achei legal =) e eu quase morri de rir quando ouvi a Flutterguy falando kkkk

  3. Rainbow Dude 20 de março de 2012 às 7:08 PM #

    E uma coisa que eu acho que você deveria acrescentar à “Appletini”
    “Spike was relating Applejack (a name of an alcoholic beverage) to Appletini (another alcoholic beverage) and linking the two together by means of the adjective ‘tiny’. I think that’s pretty freaking genius.”
    PorridgeMan1, YouTube

  4. Gabriel Dias 20 de março de 2012 às 7:12 PM #

    Revendo mais uma vez o Bridle Gossip para ver se pegava o “Twilight Flopple” que a Tatiana mencionou (valeu!), tem mais dois trocadilhos ali:
    Applejack falando “Pony Tale” ao invés de “Fairy Tale” (Conto de Pôneis/Conto de Fadas) e antes de saírem de casa, a Rainbow Dash diz que é hora delas “pony up” (ao invés de “man up”). To “man up” seria ‘criar coragem’ ou, como às vezes dizemos em português “virar homem” (no sentido de ‘deixar de ser fresco/a’).

  5. Rainbow Dude 20 de março de 2012 às 8:37 PM #

    Olha, um trocadilho muito bom, que eu acho que vale a pena mencionar, é Cloudsdale
    Faz uma referência à especie de cavalo “Clydesdale”, e o sufixo “dale” é uma palavra velha para “vale” ou “vale de rio aberto”

    • Gabriel Dias 20 de março de 2012 às 8:45 PM #

      Verdade. Depois que eu terminei o artigo lembrei que existia a cidade nos céus (desculpem, pégasos). Mas esqueci de verificar depois a relação dela com o mundo dos pôneis e afins.
      Vou dar mais um tempo aqui nos comentários, aí junto tudo e faço um update no post 🙂

      • Rainbow Dude 20 de março de 2012 às 11:50 PM #

        Boa (y) 😀

  6. Mmalusd 22 de março de 2012 às 9:43 AM #

    tem tanbem o trocadilho da coruja: do who(quem) ai toda vez q a coruja pia os ponei pensam q é quem ñ uuu da coruja

    • Gabriel Dias 22 de março de 2012 às 9:51 AM #

      Sim. Esse é um trocadilho BEM comum na língua inglesa. E morro de pena dos tradutores depois. Num episódio do -quase desconhecido- The Critic, já vi a dublagem “sofrendo” com a onomatopeia X trocadilho. Acontece xD

      O próprio nome do episódio “Owl’s Well (…)” é um trocadilho com “All’s Well (…)”. Definitivamente ambos vão pra lista que farei o update no post 🙂

  7. Princess Mi Amore Cadenza 8 de junho de 2012 às 9:03 AM #

    A Diamond Tiara é muito malvada,e sua amiga também,mas quem não acha que elas ficaram muito bonitas naquela foto da sala de aula?(Alguém sabe me dizer como se escreve corretamente o nome da amiguinha da Tiara?).

    • Petra 8 de junho de 2012 às 1:28 PM #

      O nome dela é Silver Spoon =) Significa “Colher de Prata”.

  8. Fluffy Pie 24 de junho de 2012 às 10:58 AM #

    Só agora, ao reler o post, reparei em uma coisa: no post diz que a Twilight fez o juramento da Pinkie e enfiou o casco no olho no episódio Suited for Success – não seria no episódio Green Isn’t Your Color?

  9. Jaya 17 de julho de 2012 às 2:47 PM #

    Não sei se vocês perceberam mas no episódio da segunda temporada o Its About Time a Rainbown Dash menciona uma cidade chamada Las Pégasus

Trackbacks/Pingbacks

  1. Amizades e Dragões 05 – Busca Pelo Contexto « Masmorra Descuidada - 21 de março de 2012

    […] Outra coisa interessante: a tradução de qualquer trocadilho em inglês quase sempre vai perder o sentido original. Para uma matéria interessante sobre os trocadilhos utilizados em My Little Pony FIM, clique aqui. […]

  2. Mais um Puco de Material do Casamento Real « - 15 de abril de 2012

    […] (e pegasisters!), o porque de tanto sucesso com a audiência adulta e recheando o texto com aqueles trocadilhos equinos que tantos nos acostumamos a ouvir e ler por […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: