MLP: FiM Também É Coisa de Menino!

21 out

Dear Princess Celestia

Da semana passada pra cá conheci muitos pôneis bronies e pegasisters graças ao fórum Sonic Rainboom. Está sendo ótimo finalmente ter contato com outros fãs. Me sinto menos autista  sozinha, tendo com quem falar sobre coisas que a gente gosta e não tinha com quem.

Eu já tinha falado sobre os Bronies, os fãs masculinos de MLP no meu 1º post e também na seção “A Série”. Mas até então só havia lido a respeito deles e seus posts em fóruns e blogs americanos, ainda não tinha tido a chance de papear com eles até então.

Aos poucos vou descobrindo qual a vibe, gostos e desgostos do fandom daqui, e cada dia é uma descoberta. Confesso que acho meio engraçado com a indignação que eles ficam com os  produtos de MLP: FiM como bonecos ou agendas que são muito cor de rosa e eles acabam não querendo colecionar (afinal, o target principal da Hasbro ainda é as menininhas de 6 anos… realmente deveriam lançar uma linha para fãs mais velhos, com esse sucesso todo ^^) Em geral eles também me parecem menosprezar os brushables (os bonecos penteáveis, que eu gosto tanto… — afinal, pentear e customizar pôneis é coisa “de menina” ;p — preferindo bonequinhos estilo gachappons ou então apenas desenhar ou fazer vídeos) e não podem nem ouvir falar nas outras gerações de pôneis. Por outro lado, em geral são muito educados e respeitosos, e o assunto (e piadas) nunca acabam.

Mas o que eu acho realmente muito legal em todos eles é como levam de boa o fato de serem fãs de MLP: FiM. No começo eu pensava que os meninos assistiam só para tirar sarro, mas descobri que não — claro que tem um lado de “zoação”, mas eles realmente gostam, tem seus personagens preferidos e discutem os episódios. 

Hoje mesmo durante uma conversa com um amigo que “duvidava” da minha palavra (eu dizia que MLP: FiM era um bom desenho mas ele brincava dizendo que “eu ser suspeita por ser fã”), eu disse simplesmente “então vou deixar um rapaz falar por mim”.

Passei pra ele duas análises do blog do Igor “Phoenix”, que faz parte da equipe “Legendar É Pura Magia”. Acredito que eles apresentem os melhores argumentos sobre a qualidade de MLP: FiM do ponto de vista de um jovem adulto — tanto que meu colega acabou assistindo 3 episódios, e apesar de não ter se cativado, reconheceu a qualidade o trabalho e conquistou o seu respeito.

Então, clique nas imagens para ir até as resenhas de Igor “Phoenix” e descubram porque MLP: FiM também pode ser coisa de menino:


FUULIFE ~ Análise de Desenhos —  My Little Pony: Friendship is Magic 

FUULIFE ~ Discussões Desenhos — Por Que Gosto Tanto de My Little Pony: Friendship is Magic


Aliás, ótimos links pra passar pra amigos, fikadika 😉

Diga-se de passagem, apesar de minhas amigas Nunachan e Sweet Pepper já terem falado da série pra mim antes, foi através desses mesmos posts que EU (que gostava dos brinquedos, mas não dos desenhos antigos) comecei a assistir a série  de verdade.

Só tenho a agradecer. E quem sabe com o tempo, alguns amigos de vocês também =)


EDIT
Me  lembrei de uma parte da entrevista que o Equestria Daily fez com a Lauren Faust (que você pode encontrar na sessão “A Autora”) e que eu PRECISAVA linkar aqui:


“PERGUNTA: Imagino que o nível de sucesso suscitou volume muito grande de feedback. Houve algum ponto forte ou preocupação em particular que fossem freqüentemente mencionados nas opiniões que você recebeu?

Lauren Faust — De longe, a mensagem mais comum que recebi foi “Eu sou um cara e eu adoro esse show – o que você fez comigo?!” 😉 Recebi um monte de notas de homens nas Forças Armadas que são fãs da série. Foi uma surpresa maravilhosa! Também recebi muitas mensagens de pessoas que dizem que o show as tirou de depressão, o que é verdadeiramente comovente. E eu realmente adoro quando eu recebo cartas de pais que dizem que é seu momento favorito compartilhado com suas filhas. Outra favorita são notas de jovens artistas mulheres que dizem que o programa as inspirou a escrever suas próprias histórias ou irem atrás buscar carreira na animação.”


Eu não sei vocês, mas eu acho maravilhoso quando um entretenimento consegue superar questão de gênero e se tornar algo com que todos possam se divertir sem ser imbecilizante (principalmente em um mundo em que meninas sempre se esforçaram muito pra “participar” de fandoms masculinos, como os de super heróis por exemplo, mas poucas vezes houve movimento contrário simplesmente por não parecer haver material feminino que pudesse interessar aos rapazes também). E principalmente, por ver que existem pessoas com mente aberta pra isso.

A ideia de que MLP pode ser um momento em que um pai e uma filha ou um irmão e uma irmã possam sentar juntos e assistir algo que os dois possam curtir e compartilhar desse momento verdadeiramente é muito significativo e um passo importante pra animação aqui no Ocidente. 

Anúncios

Uma resposta to “MLP: FiM Também É Coisa de Menino!”

  1. Igosama 22 de outubro de 2011 às 2:23 AM #

    Mais uma vez agradecendo, só que agora por aqui. Bom saber que esse desenho comove até mesmo os corações mais duros que existem xD

    Quanto a tirar de depressão e instigar vontades, é verdade. Além de comprar action figures (ou bonecos, como preferir auhuaha), MLP:FiM fez voltar minha vontade de desenhar, alegrou mais minha vida (que não é perfeita, como a de ninguém, mas que até há pouco tempo andava em queda no quesito “alegria”) e me deixou mais feliz por ser mais útil, como fazer parte do grupo de tradução atual. Depressivo eu não estava, mas tinha uma probabilidade de ocorrer no futuro. Agora ela está quase nula, pelo menos por enquanto.

    É inexplicável, é quase como dizem ser “descobrir Jesus”. hahaha. E eu digo isso sendo um cristão que acredita em Jesus como seu Salvador (surpresa? Pois é. Só sou contra fanatismos). Simplesmente MLP:FiM tem uma capacidade de alegrar pessoas. Não é apenas na hora que você assiste o show, como também entre episódios. Você não sente aquele “vazio” após ver, como na maioria dos shows, você sente felicidade, como se aquilo completasse seu dia.

    Diabos, parece exagero, mas é assim que eu me sinto. E garanto que muitos também.

    Aliás, tem uma fic chamada “My Little Dashie” que retrata tal coisa. Sei que você não é de ler fics, mas é surpreendente e fica minha recomendação. Relata a história de um carinha em depressão e que não via nenhum sentido na vida, até que ele encontra uma filly Rainbow Dash (sim, na vida real) e cria ela como se fosse sua filha. É dificil segurar as lágrimas no final (que, sim, é completamente esperado, só pela sinopse básica que eu já te passei). A personalidade do principal é algo perfeitamente aceitável e encaixa com muitos que devem assistir MLP:FiM.

    Mas enfim, você criou um closet brony. Em breve ele vai discutir com você qual é a melhor pônei, mesmo que seja no reservado e adicionado um “não conte a ninguém, tá?” xD

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: